Entrevista com Gidd Sasser, General Manager do Flamengo Esports

Tivemos a oportunidade de entrevistar o general Manager do Flamengo Esports/Simplicity, Gidd Sasser e discutir sobre o seu papel na organização e momentos vividos pela equipe no passado, além de planos futuros.

1) A função de gerente geral é um pouco confusa para a maioria de nós. Como você descreveria a sua função no Flamengo Esports?

Como gerente geral, supervisiono um pouco de tudo, trabalhando diretamente com Roman( CEO da Simplicity) e Jed( Dono da Simplicity). Estou mais envolvido com o CBLOL e o Academy, mas posso intervir para decisões e reuniões de negócios conforme necessário quando relacionadas a outras equipes e parcerias. No NA, cuido de tudo relacionado ao esports e também trabalho com nossos centros de treinamento.

2) A chegada da Simplicity ao Flamengo foi um marco no esports brasileiro. Pela primeira vez uma equipe seria gerida por uma empresa estrangeira. Para você, quais foram os maiores obstáculos enfrentados nesse projeto?

Para mim, foi entender a dinâmica da equipe durante 2020. Minhas experiências me levaram a ser muito direto, agir antes de falar. Eu escrevo tudo, metas, expectativas, etc. Foi um pouco chocante ver que muito do planejamento e coaching do dia a dia era feito de cabeça. Esse estilo funciona bem para muitas equipes, mas estava claro que precisávamos fazer alterações para ver os resultados que todos esperavam. Demorou um pouco, mas estou confiante de que estamos no caminho certo. Estou muito feliz por todos da line de 2020. Muitos deles chegaram a ser Head Coach, reviveram/continuaram a carreira ou permaneceram no Flamengo.

3) É muito comum entrevistarmos jogadores e técnicos, mas muito pouco se sabe sobre as pessoas que atuam nos bastidores. O Flamengo teve momentos muito turbulentos no segundo split do CBLOL 2020,  com imensa pressão sobre todos. Como você vê este momento e como ele lhe afetou? 

Eu tinha expectativas muito altas para o segundo split de 2020, todo mundo tinha. Acho que a pandemia nos prejudicou mais do que esperávamos. Os caras fizeram o possível para resistir à tempestade. Muito grato a Sam (Flanalista) e Luskka por se esforçarem tanto quanto o fizeram. Se tirarmos a pandemia da equação, sinto que muitos dos obstáculos do primeiro split  de 2020 foram transportados para o segundo.. Eu trabalhei com o head Coach no final do primeiro split nos dias/horas de folga para ajudá-lo a implementar uma estrutura que os jogadores queriam, entender o meta regional e revisar as scrims. Infelizmente, as mudanças positivas não se mostraram na segunda etapa. Em retrospecto, era muito o que esperar em tão pouco tempo. Eu sinto que os estilos contrastantes de nossos treinadores principais durante aquela temporada pintam um quadro melhor.

Admito que fico muito chateado ao pensar em 2020. Sei do que a equipe era capaz. Todos terminaram aquela temporada querendo mais. Entrando em 2021, esta foi a primeira oportunidade de controlar totalmente a direção da equipe. Passei os meses seguintes enterrado em números e planilhas, examinando todas as possibilidades na minha cabeça. Acho que Davi e Fred estavam cansados ​​de eu ligar e enviar mensagens de texto 24 horas por dia, 7 dias por semana. Não me lembro de ter dormido mais do que algumas horas por noite até que a line de 2021 fosse anunciada. Foi um momento muito estressante para todos. Meu objetivo era construir uma line e uma equipe de indivíduos com ideias semelhantes, histórico de forte jogo estatístico, potencial e estrutura. Tivemos um final difícil para o primeiro split de 2021, mas realmente acredito que estamos caminhando na direção certa. Todo mundo está trabalhando duro todos os dias para ser o melhor.

4) Como um estrangeiro atuando na equipe de esports do maior clube de futebol do Brasil,  como você enxerga  a  torcida do Flamengo e o que  mais lhe surpreendeu em toda essa experiência?

Eu amo os fãs! Desde o primeiro dia, eles nos responsabilizam. Tento ser o mais aberto possível com todos. Muitas vezes eu li um comentário de alguém que estava realmente com muita raiva de mim,  de um jogador, treinador, etc. Eu sempre fico surpreso e muito grato em ver muitos dos fãs se esforçando para evitar isso e até mesmo educar o indivíduo . Em nenhum lugar do mundo os fãs são mais apaixonados e solidários, tanto nas críticas quanto nos elogios. Foi uma experiência muito gratificante.

5) Por fim, gostaria de enviar uma mensagem a torcida do Flamengo que acompanha o seu trabalho?

Agradeço imensamente o apoio e as críticas de todos desde o primeiro dia. Mal  posso começar a expressar o quanto o Flamengo significa para mim. Sei que ainda não alcançamos nosso potencial, sei que há muito mais que posso fazer. Eu vejo e ouço os apelos para que continuemos a melhorar. Eu prometo, todo dia, a todo momento, nada menos que o Flamengo primeiro. Continue apoiando a todos, significa muito para nós. Obrigado, Nação, por serem os melhores! Go FLA!

É isso pessoal, espero que tenham gostado e até a próxima!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s